Thayná Laís

E aí pessoal! Me chamo Thayná Laís, sou estudante de Direito e falo aqui de Belo Horizonte/MG. Ao longo da minha vida vivenciei processos que me "tornaram negra", o que contribuiu fortemente para minha paixão: um estudo crítico sobre as relações raciais, principalmente aquelas que fazem interseção com o Direito.
Me considero uma pesquisadora independente e iniciante com um sentimento de que há muito o que se aprender. Sinto, também, uma necessidade interna de compartilhar experiências e de repassar o que já me foi ensinado.
Atualmente faço parte de dois grupos de pesquisa, sendo que o primeiro é o @alafiaufmg - Grupo de Estudos, Pesquisa e Extensão em Relações Raciais e Direito. O segundo é o @grupodeestudospretos, coordenado por alunos independentes de psicologia.
Acreditando que a (re)construção da identidade negra é um caminho extremamente necessário e preciso para a emancipação dos nossos, fico muito feliz de poder construir um @AtivismoNegro junto com vocês! Em tempos de grandes violações de direitos e reproduções de opressão, como dizem Angela Davis e Silvio Almeida, em uma sociedade racista não basta não ser racista, é preciso e necessário ser antirracista!
Sigamos juntas e juntos!

Receber a notícia da morte de Chadwick B, o ator que interpretou T'Challa, me levou automaticamente à minha primeira sensação de quando assisti Pantera Negra: Pertencer. Não estou falando de um pertencimento no sentido de propriedade, mas sim, de uma crença acolhedora. Eu estava em casa. Em uma das primeiras cenas do filme, esse sentimento se...

No dia 22 de junho, o professor, Silvio Almeida participou do programa Roda Viva e, dentre outras importantíssimas reflexões, nos convidou a repensar o papel dos nossos discursos diários. Ao ser questionado sobre a responsabilidade das(os) intelectuais, sobretudo as(os) negras(os), Silvio destaca o protagonismo do diálogo como vetor da compreensão...

Domingo, dia 31 de Maio de 2020, torcidas organizadas deixaram a "rivalidade" no campo de futebol, ocuparam as ruas e uniram-se a favor da democracia. Em São Paulo (SP), as torcidas dos times: Palmeiras, Corinthians, São Paulo e Santos protestaram contra a atual conjuntura brasileira, provando que a rixa existente entre os clubes não é maior que a...

João Pedro, jovem, negro, 14 anos. Ícaro César Gonzaga, jovem, negro, 21 anos.Ambos baleados por policiais, ontem, dia 18 de maio. Não se tinha notícias. No caso de João Pedro, morador de São Gonçalo, foram apelos de familiares em relação ao seu paradeiro. Ele foi baleado na barriga, em casa, e colocado em um helicóptero. Nenhum responsável pode...

No dia 13 de Maio de 1888, a princesa Isabel, declarou extinta a escravidão no Brasil. A Lei nº 3.353, mais conhecida como Lei Áurea, não foi um ato misericordioso. Ela integrou um conjunto de leis, tais como a Lei Eusébio de Queiróz, Lei do Ventre Livre e Lei dos Sexagenário, tidas como "abolicionistas". Esses marcos legais foram resultados de...


Terça, dia 28 de abril, foi atualizado o número de mortos por COVID19. Segundo as informações divulgadas, pelo Ministério da Saúde, superamos a China em mortes confirmadas pela respectiva doença: são mais de cinco mil. O que tem a ver o presidente da República? Ele mesmo nos questiona, ao mesmo tempo que afirma "E daí? Lamento. Quer que eu...

Quando o tema é racismo, inicialmente, tendemos a associá-lo ao ato de discriminação. Se perguntássemos às pessoas o que ele seria, certamente, encontraríamos respostas como "quando se chama a pessoa negra de macaco", "quando se proíbe os negros de frequentar determinados lugares" ou "quando tratamos pessoas negras de uma maneira desrespeitosa,...

A injúria racial (3º parágrafo do art. 140 do CP) consiste na OFENSA da DIGNIDADE ou DECORO de um INDIVÍDUO utilizando elementos relativos à raça, cor, etnia, religião e origem. Este delito é passível de FIANÇA, isto é, poderá o acusado mediante o pagamento de valores ou bens responder ao processo em liberdade. Cabe ressaltar que a ação penal é...