Laura Lopes 

Oi gente, eu sou a Laura, Laura Lopes. Sou do Rio de Janeiro e to cursando Filosofia na UERJ. Bom, de 2018 para 2019 iniciei a pesquisa concreta sobre o que é o movimento negro e desde então, percebi que sou negra - eu sou negra por que reconheci o que é ser negra - ao menos uma vez na vida precisamos entender a inerência do que é ser negra (o) na sociedade contemporânea.
Aliás, já escrevi alguns artigos que introduziram o Movimento Negro, sob minha perspectiva, de maneira poetizada.
Além do mais, eu como mulher negra, acredito que devemos democratizar a consciência de raça e classe, por que é assim, através da verdade que podemos mudar a estrutura. Já dizia Ângela Davis: "Quando a mulher negra se movimenta, toda a estrutura da sociedade se movimenta com ela". E de modo geral, é importante sim ocuparmos espaços que nos foram negados lá atrás. Vamos movimentar a estrutura.

Por volta do século XIX, inspirados no abolicionismo negro, no resgate da ancestralidade e na busca pela definição de identidade, figuras como: Martin Delany, Marcus Garvey, Malcolm X, Black Panthers Party, Nação do Islã, e etc, foram importantes para o movimento do Nacionalismo Negro. Há quem acredite que o multiculturalismo, ou seja, a...

Akon City

02/07/2020

Você sabia que o Afrofuturismo inspirou o rapper Akon a construir sua própria Wakanda na vida real?


Ironicamente falando, a maioria já sabe quem não faz parte e quem não é contemplado pelo Estado. Estado esse que, nos torna apenas um detalhe que suja a paisagem para se europeizar, como Darcy Ribeiro menciona os indígenas em seu livro " O Povo Brasileiro". Ainda assim, é duro acreditar que, o Brasil vive sob os ideais coloniais, em...

É perceptível o quanto parte da sociedade se infla narcisisticamente através do humor. Dentro da história, temos a Era Jim Crow nos EUA do século XX - em que o racismo havia sido institucional e a segregação racial era lei. Sem entrar em detalhes, mas pouco se discute sobre a ideia do nome destas leis, a respeito da animalização dos...