Magazine Luiza, Racismo, racismo reverso e classe: Porque é necessário discutirmos?

09/10/2020

Com as últimas polêmicas geradas pelo trainee do Magazine Luiza, vimos a crescente enxurrada de comentários acerca do que se chama de "Racismo reverso". Nas redes sociais, pessoas brancas apontam a empresa como racista pois um dos requisitos pra participar é ser negro. O trainee foi criado com a intenção de corrigir uma falha da própria empresa, pois em estudo interno, a equipe constatou que haviam poucas pessoas pretas ocupando esses cargos tão importantes. Acerca desta polêmica, faz-se necessária a conceituação e discussão acerca desses temas.

Racismo é um mecanismo de exclusão e genocídio de pessoas de uma determinada raça, cuja qual é subjugada na sociedade. No racismo, se excluem pessoas, politicamente, cientificamente, nas artes, na literatura, na cultura, na economia, na saúde, etc. Ou seja, o racismo tem raízes profundas nas quais se construíram o mundo como ele é hoje. No Brasil o Racismo estrutural se reforça no mito da democracia racial, onde a diversidade e a mistura de raças propõem a idéia de um paraíso racial. Mas o que sabemos na verdade, é que esse mito foi uma medida política criada para o branqueamento da população brasileira, dando uma abertura maior a imigração europeia junto com a "abolição" da escravidão. Os reflexos da escravidão para as pessoas negras hoje ainda se mostram no cotidiano e carregados duramente em todos os ambitos de sua vida. O que o torna mais cruel é que é quase imperceptível, as pessoas o reproduzem consciente e inconscientemente. Então, o racismo é a hierarquia de raças, é relação de poder, ele é quem molda as estatísticas, cujas quais pessoas negras são as maiores vítimas. Isso acontece pois corpos negros foram traficados escravizados, multilados, estuprados, vendidos e assassinados por mais de 300 anos.

Ok, mas e o racismo reverso? Onde fica nisso tudo? Só há uma resposta a está pergunta: Em lugar algum! Racismo reverso é a idéia de que pessoas negras podem ser racistas com pessoas brancas. Considerando o dito anteriormente, para ser racismo, é necessário que haja uma hierarquia de raças e que a raça ariana, seja subjugada nessa sociedade. O que sabemos que não é verdade. O domínio das artes, da ciência, dos lugares de poder, na economia, na política sempre estiveram em mãos brancas. Não houve uma escravidão de brancos. Contudo se você como eu, já ouviu alguma ofensa dirigida à alguma pessoa branca, pela cor da sua pele, isso se classifica como preconceito, e não como racismo. Preconceito é uma opinião pré concebida sobre alguém ou determinados grupos, seja pelo sexo, cor, classe, etc. Isso ocorre pela falta de conhecimento e até mesmo desinteresse de conhecer. O preconceito advém do racismo, eles se ligam mas não são a mesma coisa.

Ah, mas como fica o branco que é pobre? Ele sofre preconceito também! Sim claro, preconceito de classe é o que nos une, é o que sofremos e temos em comum. Ok? Porém, isso não elimina a intersecção dentro do grupo. Pessoas pobres sofrem preconceito, pessoas pobres e pretas sofrem preconceito e racismo, mulheres pobres e pretas sofrem machismo racismo e preconceito.

Racismo é hierarquia de raças, é o que impulsiona um sistema que exclui, assassina e nega um lugar como ser humano à pessoas negras, através dele se mantém privilégios aos brancos, em todos os ambitos de sua vida. Portanto racismo acontece com pessoas negras. O trainee do Magazine Luiza, nada mais é do que um passo dentro da luta antirracista. Por compreender essa estrutura racista que apaga pessoas negras historicamente, e por compreender o racismo dentro da própria estrutura da empresa (no que diz respeito aos cargos) , buscou reparar essa desigualdade criando essa seleção. Tentar apagar a luta antirracista, é ser racista. Denuncie o racismo quando for racismo. Denuncie empresas que excluam pessoas negras, desconfie das lojas que você entra e não vê pessoas negras. Sabemos que pra isso, você só precisa sair e dar uma volta no centro de sua cidade,conte quantas pessoas negras você vê e que cargos ocupam. Faça esse exercício!